Assine o Cidade Bike no Youtube!
Inspiração

Olha a doidice de bicicleta: reimaginando nossos espaços públicos | TEDxJoãoPessoa

O TED é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1984 que promove palestras com o objetivo de inspirar os expectadores com histórias e experiências capazes de transformar nossa maneira de pensar. Ao estilo TED, aconteceu em dezembro de 2016 o TEDx João Pessoa, que é uma versão independente de caráter mais local. Na ocasião, aconteceu a palestra “Olha a doidice de bicicleta: reimaginando nossos espaços públicos”, apresentada por Aida Pontes.

Com formação em Arquitetura e Urbanismo, Aida é professora universitária em Campina Grande e possui especialidade em mobilidade urbana. Decidiu adotar a bicicleta como transporte desde 1999 na tentativa de achar uma condição melhor para ir até a universidade do que a ofertada pelo transporte público. Gostou tanto da escolha que fez que orientou toda sua carreira acadêmica ao estudo da mobilidade por bicicleta.

No TEDx, Aida compartilhou perguntas e comentários recorrentes que escuta a respeito dos seus deslocamentos de bicicleta na cidade. Coleciona tantas frases, que criou uma série chamada “Frases que eu escuto de bicicleta” para mostrar como as pessoas enxergam quem usa a bicicleta como meio de transporte. Confira alguma frases do projeto:

professora-agora-eu-fiquei-de-verdade-preocupado-com-a-senhora-frases-que-escuto-de-bicicleta-aida-pontes

eita-coragem-viu-frases-que-escuto-de-bicicleta-aida-pontes

e-tu-vai-a-noite-de-bicicleta-frases-que-escuto-de-bicicleta-aida-pontes

olha-a-doida-gostei-frases-que-escuto-de-bicicleta-aida-pontes

pia-a-doidice-de-bicicleta-frases-que-escuto-de-bicicleta-aida-pontes

 

Outro ponto abordado na palestra diz respeito às problemáticas enfrentadas pelas mulheres nos espaços urbanos. “Por que o meu marido, que também usa a bicicleta como meio de transporte, não escuta as mesmas perguntas que eu?” – questiona de modo retórico. Para nortear a resposta dessa pergunta, Aida apresentou alguns dados: apenas 4,4% dos deslocamentos em Campina Grande são feitos de bicicleta, sendo que, entre os ciclistas, apenas 2% são mulheres. Em outras palavras, a cada mil pessoas há somente uma mulher como Aida Pontes, que faz uso da bicicleta como meio de transporte.

“Não é à toa que tem menos mulheres pedalando. As mulheres são mais seletivas em relação aonde vão. Se o espaço público não tem qualidade, ele vai atrair menos pessoas mas, principalmente, menos mulheres.”

A professora ainda mostra alguns projetos que servem como exemplo para fomento ao uso da bicicleta, sugerindo que as pessoas repensem as formas de ocupação dos espaços públicos. Um deles é o “De bar em bike”, evento que propõe um grande passeio público de bicicleta por Campina Grande, onde os ciclistas visitam vários bares da cidade ao som de muita música.

No término, Aida Pontes sugere uma reflexão a respeito da relação que temos com os espaços públicos da nossa cidade. Como exemplo, foi apresentada uma fotografia feita durante o primeiro aniversário do Cidade Bike na Praça da Independência.

aniversario-cidade-bike-tedx-joao-pessoa-foto-flavio-menezes

Fotografia do aniversário do Cidade Bike, exibida durante palestra de Aida Pontes no TEDxJoãoPessoa 2016 (Foto: Flávio Menezes)

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas publicações

Somos um coletivo de pessoas que usa a bicicleta como meio de transporte em João Pessoa e que sonha com uma cidade mais ciclável.

Outras publicações

Acompanhe-nos no Facebook

Copyright © 2016 - Cidade Bike. Todos os direitos reservados.

To Top